ÁLVARO PIRES - PMN

Biografia

Aos 34 anos, Álvaro Eduardo Pires Godinho foi eleito vereador pela primeira vez em São Luís. O ludovicense é empresário com formação superior incompleta e concorreu a esta eleição pelo Partido da Mobilização Nacional - PMN.

Trajetória Política

Em 2016, Álvaro estava filiado ao PMDB e candidatou-se pela primeira vez a uma vaga na câmara municipal. Ele recebeu 394 votos válidos e ficou como suplente em seu partido.

Uma vez que nunca assumiu o posto na câmara, ainda que temporariamente, Álvaro figurou pouco na mídia blogueira local. Uma das menções que aparecem relacionadas a ele é o encontro com o suplente de senador (à época) Edinho Lobão.

Porém, conforme vídeo de campanha, Álvaro afirma ter tido um trabalho sólido com ações sociais por São Luís e que essa atividade motivou o convite a ser candidato em 2020, mas não especifica quais ações sociais teria realizado.

Entre 2017 e 2018, ainda foi assessor da prefeitura de Pinheiros na gestão do Prefeito Luciano e, em 2019, recebeu a medalha Simão Estácio Silveira, da câmara municipal de vereadores. A medalha existe desde 1996 e objetiva condecorar “autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar que tenham prestado serviços relevantes à cidade de São Luís”.


Eleições 2020

Álvaro Pires filiou-se ao PMN e concorreu novamente a uma vaga na câmara de vereadores de São Luís.

Declarou R$ 270.000,00 em bens. Teve R$ 25.000,00 de recurso arrecadado todo de doação, não havendo investimento próprio do candidato, segundo TSE.

Apesar de ter declarado 25 mil total arrecadado para sua campanha, consta no site do TSE, o gasto no valor de R$ 35.346,59.

Foi eleito por quociente partidário com 2827 votos, ficando em 26º lugar na listagem geral de candidatos eleitos, mas pelo PMN foi o segundo mais votado. Pela coligação de seu partido com o Podemos, Álvaro apoiou a candidatura de Braide para a prefeitura.

ÁLVARO PIRES - PMN