FRANKLIN

DOUGLAS

DECLARAÇÃO

Por Polyana Amorim  ATUALIZADO em 10/10/2020 ás 02:03 AM

Franklin Douglas afirmou em debate da TV Band/ TV UFMA que “o Brasil tem 12 milhões de desempregados e São Luís possui 121 mil pessoas desempregadas” (a partir de 2h34 no vídeo).

Já em entrevista à TV Guará, realizada no dia 05.10, o candidato declarou que existem “14 milhões de desempregados no Brasil e 121 mil pessoas que recorrem ao auxílio emergencial em São Luís” (a partir de 2’30’’).

VERIFICAMOS

Os dados mais recentes sobre a taxa de emprego e desemprego no Brasil, bem como nas unidades federativas e nas capitais fornecidos pelo IBGE, por meio da  PNAD Contínua, informam o seguinte:

 

O Brasil alcançou a marca de 12,8 milhões de desempregados, conforme pesquisa realizada no trimestre de 2020 (abr/mai/jun), pela PNAD.

A pesquisa, porém, apenas aponta o percentual de desemprego no Maranhão (16% para o mesmo período) e não traz dados sobre o desemprego em São Luís (acesso na tabela por unidades da federação).

GRÁFICO: IBGE / TAXA DE DESEMPREGO.  https://www.ibge.gov.br/explica/desemprego.php

A mais recente pesquisa PNAD/IBGE que trata sobre desemprego em São Luís é do trimestre de 2020 (jan/fev/mar), pré-pandemia, e indica a porcentagem de 15,8% de desempregados na capital maranhense (acesso na tabela das capitais das unidades da federação).


Já no IBGE Cidades, os dados sobre emprego são de 2018 e atestam que 33,8% da população estavam empregadas naquele ano e não faz referência ao quantitativo ou parcela de desempregados na ilha.

Com essa fala, o candidato Fraklin Douglas ganha nosso selo Ralado Isso = Insustentável: Não há dados públicos que comprovem a informação.

VERSÃO DO CANDIDATO

Recebi a demanda às 17h39 do dia 08 de outubro. Véspera do início da veiculação do programa eleitoral, que requereu de toda a equipe de comunicação da campanha um esforço hercúleo para entregarmos nossos programas junto às emissoras de rádio e TV.

 

Como não há data na postagem – que sugiro adotarem como bom critério de verificação -, não tem como saber quanto tempo tive para responder o questionamento. Mas, vamos ao que importa.

A checagem foi à fontes corretas: IBGE Cidades e IBGE/PNAD 2º trimestre de 2020. Com a pandemia, os pesquisadores do IBGE não puderam ir a campo construir de forma confiável e segura o mesmo indicador para o trimestre de 2020. Por isso ele não aparece na plataforma do IBGE.

 

Ainda assim, o índice que lá está é: 15,8% de taxa de desemprego. São Luís fica na quinta pior posição, atrás de Manaus (18,5%), Salvador (17,5%), Macapá (17,3%) e Boa Vista (17,1%). Se trabalharmos com esses dados do IBGE/PNAD 2º trimestre de 2020, estamos falando de mais de 90 mil desempregados. De lá para cá, a situação econômica do país melhorou? De jeito nenhum!

 

Mas como não tem o PNAD do trimestre, a fonte que passa a ser mais próxima da realidade é exatamente a do CAGED, o Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados, vinculado do Ministério do Trabalho. Lá é possível saber que, em agosto, 5.889 pessoas perderam o emprego em São Luís.

 

O CAGED dá dados nacionais, por estados e municípios, mês a mês, e o acumulado no ano. São mais de 10 milhões de desempregados de janeiro a agosto de 2020, segundo o CAGED. Quase 13 milhões, segundo o IBGE. Falei em 14 milhões. Não errei feio nessa! Apenas, devo precisar melhor a informação.

 

E São Luís? O que mais se aproxima da realidade de desempregados na capital é o pagamento do auxílio emergencial de 600 reais. Esse dado não está nem no IBGE, nem no CAGED.

 

Está no Portal da Transparência – detalhamento do auxilio emergencial. Lá encontramos, com variação a cada mês, os mais de 121 mil que recorrem ao auxílio de 600 reais. Se for pelos 15,8% do IBGE junto à população em idade de trabalho (896.000 pessoas), alcançaríamos mais de 141 mil pessoas. Mas o coeficiente de variação de 6,6% de São Luís nessa pesquisa (no Brasil é 1%; no Nordeste é 1,8; e, no Maranhão, 3,7%), fico com o dado localizado no Portal da Transparência.

 

Registro, assim, minhas considerações.

Professor Franklin – candidato a prefeito pelo PSOL 50

NOTA DA EQUIPE RUMBORA MAROCAR

A equipe do Rumbora Marocar agradece o retorno, mas reitera o posicionamento colocado, uma vez que os dados seguem imprecisos na justificativa do candidato.

 

O CAGED apresenta dados mensais sobre emprego e desemprego na cidade. Para 2020, ele apresenta, precisamente, que de janeiro a agosto, 43.252 pessoas foram demitidas para 49.141 admissões em São Luís do Maranhão.

 

O IBGE Cidades não apresenta dados recentes sobre desocupação em São Luís, e o PNAD mais recente (mar/abr/mai de 2020) indica a porcentagem de 15,8%, porém não é possível precisar a quantidade, uma vez que o último censo sobre a população economicamente ativa de São Luís é de 2010 (que indica 502.567 pessoas).

 

Quanto ao portal da transparência, lá é exibido o dado absoluto do valor repassado ao município/mês, além de apresentar nominalmente quem são os beneficiados, não especificando a quantidade de beneficiários por município ou estado. 

 

Lembramos que a atividade do fact-checking trabalha categoricamente com a precisão de dados passíveis de consulta e é isso que o Rumbora Marocar faz.

 

Alegra-nos ver candidatos revisando suas falas e nos procurando para o diálogo. Isso é importante para tornar o processo eleitoral mais honesto.

 

A construção é coletiva!

Siga nos as braba e os brabo!​

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Os membros da equipe do Rumbora Marocar estão disponíveis para contato todos os dias (inclusive aos finais de semana) neste período eleitoral

 

ESCREVA PARA NÓS:​

reocupa@gmail.​com