EDUARDO

BRAIDE

DECLARAÇÃO

Por Polyana Amorim

Em debate realizado na TV Band/TV UFMA, no dia 25 de novembro, a 01’ 14’’ 06’’; o candidato Eduardo Braide afirmou que votou pra acabar com os 18 salários e para acabar com o auxílio moradia. Rumbora Marocar bem isso aí!

VERIFICAMOS
fuleiro.png
ta-de-migue.png

Conforme Matéria do Congresso em Foco, em 2012, período em que Eduardo Braide era deputado estadual no Maranhão, foi aprovado por unanimidade a redução de 18 para 15 salários no pagamento dos deputados estaduais do Maranhão.

 

Cada deputado recebia mensalmente, naquela época, R$ 20.043,34, fora os demais benefícios. Além do salário regular, cada deputado ganhava ainda cinco salários-extras de igual valor, aprovado desde 2006. Os extras eram pagos em duas parcelas, uma no começo do ano e outra no fim do ano.

 

De 2006 a 2012, isso representava um total de R$ 360.780,12 pagos por ano a cada um dos 42 deputados. A bancada custava ao maranhense mais de 15 milhões anualmente.

 

Com a extinção de 3 dos cincos salários-extras, houve uma economia anual aos cofres públicos de R$ 2.525.460,84

 

A principal motivação da redução teria sido matéria divulgada pelo programa Fantástico da Rede Globo que repercutiu negativamente. Os deputados do Maranhão recebiam um dos maiores salários do Brasil.

 

No ano seguinte, também foi aprovado pela ALEMA a extinção dos 14º e 15º salários, aprovada pelos 42 deputados eleitos. Isso representou uma economia de R$ 1.683.640,56 ao bolso dos maranhenses. 

 

No entanto, registra-se também que no mesmo ano, a ALEMA aprovou uma resolução administrativa que aumenta os valores de benefícios aos deputados estaduais maranhenses. Com a resolução, os 42 deputados passaram a incorporar R$ 41.009,28, por ano. Braide foi um dos candidatos que na época pertencia a mesa diretora da Assembléia Legislativa e votou a favor desta resolução. 

 

Uma manobra que significou um acréscimo de R$ 1.722.389,76 no pagamento dos deputados, valor maior do que o economizado com a redução dos 14º e 15º salários. No fim das contas, os deputados seguem recebendo o equivalente aos 15 salários por ano. 

Atualmente, o salário bruto de um deputado estadual no MA é de R$ 25.322,25.


A votação para extinção do auxílio moradia, de R$ 2.850,00 (benefício recebido desde 2010),  para deputados estaduais do Maranhão ocorreu em 2018, quando Braide não integrava mais a casa.

 

Ganhando o selo do Rumbora Marocar: Fuleiro: SubestimadoOs dados reais são ainda mais graves dos que o mencionado. A informação foi minimizada de 10% a 100%

VERSÃO DO CANDIDATO

Rumbora Marocar entrou em contato com a assessoria de comunicação do candidato, mas até a veiculação desta checagem, não obtivemos resposta. Caso haja alguma manifestação futura, a mesma será disponibilizada por aqui.